Correio do Minho

Braga, sábado

Cortejo histórico da Agonia apela à participação
A Tapada Restaurante concilia qualidade e quantidade no prato

Cortejo histórico da Agonia apela à participação

Município investe 400 mil euros na conservação de escolas de Vizela

Alto Minho

2018-07-29 às 20h32

Redacção

Inscrições para Cortejo Histórico e Etnográfico da Romaria de Nossa Senhora da Agonia decorrem de 31 Julho a 10 de Agosto no Museu do Traje.

O Museu do Traje acolhe, de 31 de Julho até 10 de Agosto, as inscrições para o Cortejo Histórico e Etnográfico da Romaria em Honra de Nossa Senhora da Agonia, momento que acontece na tarde do sábado da festa, 18 de Agosto.
O Cortejo, que está a celebrar meio século de existência, é um dos números mais aguardados da rainha das romarias, contando sempre com cerca de três mil figurantes e dezenas de carros alegóricos. As inscrições acontecem no Museu do Traje, das 10 às 12 horas e das 14.30 às 17 horas, excepto às segundas-feiras e fins-de-semana.
O Cortejo Histórico e Etnográfico começa pelas 16 horas e assinala, este ano, duas datas comemorativas de particular interesse para o concelho de Viana do Castelo: o 140.º aniversário da inauguração da Ponte Eiffel sobre o rio Lima e os 50 anos da Procissão ao Mar, com a Santa Padroeira, Nossa Senhora d’Agonia.

O Cortejo navega pela lenda, história e etnografia do rio Lima, sendo que o objectivo é mostrar o impacto que o “cavalo de ferro” que o comboio representava, naquela altura, teve para a cidade e para a romaria.
Entre desenhadores, serralheiros, carpinteiros e pintores, são 16 os funcionários do município que há já vários meses, desde o início do ano, estão a preparar os carros alegóricos nos armazéns do município.
O cortejo vai remeter para o comboio, para a Ponte Eiffel e sua envolvência, mostrando a forma como a chegada deste novo meio de transporte na Linha do Minho veio dar força a Viana do Castelo.
Também os 50 anos da Procissão ao Mar serão destaque no cortejo, já que a romaria teve início na devoção dos pescadores à padroeira.
Durante a rainha das romarias, a cidade de Viana do Castelo vai acolher diversos quadros históricos, etnográficos, populares e musicais, fogo de artifício, gigantones e cabeçudos, entre muito mais.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.