Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Comité Olímpico Português distingue Sameiro Araújo e Fernando Pimenta
Encontros “Viana abordo” querem fomentar inovação e empreendedorismo em Viana do Castelo

Comité Olímpico Português distingue Sameiro Araújo e Fernando Pimenta

Novos parcómetros contribuem para a melhoria da qualidade de vida

Desporto

2018-11-17 às 06h00

Rui Serapicos

Treinadora recebeu Ordem Olímpica Nacional e ao canoísta limiano foi atribuída medalha de excelência desportiva como melhor atleta olímpico do ano 2018.

O Comité Olímpico Português (COP) atribuiu, na quinta-feira, a Ordem Olímpica Nacional à treinadora bracarense de atletismo Sameiro Araújo e distinguiu com a medalha de excelência desportiva o canoísta limiano Fernando Pimenta.
A Ordem Olímpica Nacional destina-se a distinguir personalidades de elevado nível e público reconhecimento, por relevantes serviços prestados ao Movimento Olímpico. Na página oficial, o COP?refere Sameiro Araújo como “uma figura de referência, através da sua carreira e do seu exemplo liderante, para a afirmação e promoção do papel da mulher no desporto, esbatendo assimetrias na igualdade de género nos mais diversos domínios de participação desportiva”.
“O nome de Sameiro Araújo é indissociável de diversas das mais importantes conquistas do atletismo e do desporto português, em campeonatos da Europa e do Mundo, bem como da carreira de atletas olímpicas de referência, entre as quais Manuela Machado, Albertina Machado, Conceição Ferreira, Dulce Félix ou Jéssica Augusto”, acrescenta.
A Medalha de Excelência Desportiva distingue o melhor atleta masculino e a melhor atleta feminina do ano.
Em 2018 Fernando Pimenta obteve medalha de ouro – K1 1000 m no Campeonato do Mundo – Montemor 2018 e no Campeonato da Europa – Belgrado 2018.
Foram também distinguidos Inês Henriques com a Medalha de Excelência Desportiva como atleta feminina do ano, Fernando Costa Matos com a Medalha de Mérito; José Ramalho com o Prémio Ética Desportiva; Patrícia Sampaio e Alexandre Montez com o Prémio Juventude; e ainda a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa com o Prémio Prestígio COP.
O momento foi de celebração do desporto português, em reunião da família olímpica.
O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, na distinção dos atletas portugueses participantes nas missões organizadas pelo Comité Olímpico de Portugal (COP), em PyeongChang, Tarragona e Buenos Aires, congratuou-se “pela forma como se bateram e como representaram Portugal de forma tão singular”.
O governante, que além da Educação tutela a pasta do desporto, destacou o envolvimento do COP em cinco missões, durante o ano de 2019, e sublinhou que as políticas de apoio ao desporto são para manter.
“Temos uma enorme confiança no olimpismo português. Acreditamos que este investimento compensa, vale a pena para afirmar a marca de Portugal internacionalmente”, disse.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.