Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Coleção de Postais Digitais sobre o Mosteiro de S. Miguel de Refojos para visitar no Espaço BONINA, Porto, até final do mês
Jazz ao Largo regressa a Barcelos entre 11 e 15 de setembro

Coleção de Postais Digitais sobre o Mosteiro de S. Miguel de Refojos para visitar no Espaço BONINA, Porto, até final do mês

Rui Fonte de regresso a Braga

Coleção de Postais Digitais sobre o Mosteiro de S. Miguel de Refojos para visitar no Espaço BONINA, Porto, até final do mês

Vale do Ave

2019-07-15 às 13h21

Redacção Redacção

Na inauguração desta iniciativa marcou presença o presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, acompanhado do vereador Eng. Pedro Sousa, bem como alguns artistas que integram esta Coleção, entre outros convidados e população em geral.

Foi inaugurada na passada sexta-feira, dia 12 de julho, no Espaço BONINA, Casa das Associações, no Porto, a exposição ‘Passe Partout’ - Coleção de Postais sobre o Mosteiro de S. Miguel de Refojos, mostra que estará patente ao público até ao final de julho, data do encerramento do programa cultural Mosteiro de Emoções.
Na inauguração desta iniciativa marcou presença o presidente da Câmara Municipal, Francisco Alves, acompanhado do vereador Eng. Pedro Sousa, bem como alguns artistas que integram esta Coleção, entre outros convidados e população em geral.
De referir que, sob a orientação de Rebecca Moraladizadeh, Curadora da Exposição, foi criado um conjunto de reproduções de postais digitais em diversas técnicas artísticas, plásticas e audiovisuais que se encontram também disponíveis ao público no site da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.
No total, 18 postais - quinze obras digitais, dois postais sonoros e um em vídeo – compõem a Coleção de Postais sobre o Mosteiro de S. Miguel de Refojos ‘Passe Partout’, cujo grande objetivo é dar visibilidade ao Mosteiro de S. Miguel de Refojos – monumento beneditino, ex-líbris de Cabeceiras de Basto.
Desde o vídeo ao som, desde o desenho à pintura, desde a fotografia à colagem, desde a filografia à instalação, a Coleção apresenta uma forma contemporânea de valorizar e perpetuar a História e a Imagem do Mosteiro de S. Miguel de Refojos, considerada a Joia do Barroco em Terras de Basto.

Trata-se de mais uma iniciativa integrada no programa cultural Mosteiro de Emoções que é financiado por fundos comunitários, através do Norte 2020.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.