Correio do Minho

Braga, sábado

Câmara de Famalicão reabilita três escolas do 1.º ciclo
Preservar a memória intemporal do Liceu Sá de Miranda

Câmara de Famalicão reabilita três escolas do 1.º ciclo

Edil quer integração das autarquias nas Administrações Portuárias

Vale do Ave

2018-07-18 às 13h25

Redacção

Paulo Cunha anunciou que, durante o próximo ano, a Câmara Municipal vai realizar obras de reabilitação e melhoramento nas escolas EB 1 de Mões, de Avidos e de Arnoso Santa Maria.

As escolas do 1.º ciclo de Mões, na cidade de Famalicão, de Avidos e de Arnoso Santa Eulália vão beneficiar durante o próximo ano de 2019 de um conjunto de obras de reabilitação e melhoramento.
A novidade foi avançada pelo presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, durante uma visita de trabalho às intervenções nas escolas básicas de Conde S. Cosme e de Riba de Ave.
“As grandes obras no parque escolar do 1.º ciclo do concelho estão praticamente concluídas, no entanto, há intervenções de menor escala que são necessárias e urgentes. Como é o caso das escolas de Mões, Avidos e Arnoso Santa Eulália”, adiantou Paulo Cunha, referindo ainda que “outras obras poderão surgir, porque a qualidade do parque escolar é sempre um trabalho inacabado. Há sempre melhoramentos a fazer e intervenções necessárias”, acrescentou.

No que diz respeito às grandes obras, Paulo Cunha refere-se às escolas do 1.º ciclo de Esmeriz, Ruivães, Conde S. Cosme de Famalicão e Riba de Ave, cujos edifícios estão, neste momento, a beneficiar de obras profundas de reabilitação e ampliação. Ao todo, o município tem em curso nestas escolas um investimento de 2,6 milhões de euros, que vai beneficiar mais de 600 crianças do pré-escolar e 1.º ciclo.
Na visita de trabalho que realizou no início da semana, Paulo Cunha mostrou-se “muito satisfeito com o andamento das obras”. Depois de alguns contratempos no arranque da obra, a intervenção na Escola Conde S. Cosme, também conhecida por sede n.º 1, localizada no centro da cidade, está em velocidade de cruzeiro, o que vai permitir às crianças inaugurar o edifício por altura do Natal. “Estas crianças já têm reservada uma prenda de Natal muito especial”, destacou o autarca deixando a garantia que a escola abrirá no início de 2019.
A notícia deixou o director da escola, Carlos Teixeira, “satisfeito e aliviado”.

Também a presidente da União das Freguesias de Famalicão e Calendário, Estela Veloso e os representantes da associação de pais se mostraram-se muito “felizes” com as novidades.
Em comunicado, a autarquia famalicense refere que a escola Conde S. Cosme acolhe cerca de 200 alunos e está a beneficiar de um conjunto de intervenções de fundo com destaque para a ampliação, com construção de refeitório, biblioteca, sala de professores e recreio coberto. Serão ainda executados arranjos exteriores, com a construção de um campo desportivo com relva sintética.

Em Riba de Ave, as obras decorrem igualmente a bom ritmo. E também aqui, a “nova escola” abrirá portas no arranque de 2019. “Estamos muito ansiosos por inaugurar esta escola moderna e de grande qualidade”, salientou a presidente de Junta da Vila, Susana Pereira, acrescentando que “é uma prenda que as nossas crianças e todos os ribadavenses merecem”.
Para além da reabilitação total do edifício, a ampliação prevê a criação de mais duas salas, passando para oito, será ainda criada uma sala de apoio, biblioteca, sala de professores e recreio coberto. Os arranjos exteriores contemplam ainda um espaço desportivo com relva sintética.
Ambos os edifícios fazem parte do plano centenário, isto do conjunto de escolas construídas durante o regime salazarista.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.