Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
CeNTI leva até à Alemanha o que de melhor se faz na nanotecnologia em Portugal
‘Sexta 13’ apoteótica em Montalegre

CeNTI leva até à Alemanha o que de melhor se faz na nanotecnologia em Portugal

Freguesia de Este terá novo Parque Infantil

CeNTI leva até à Alemanha o que de melhor se faz na nanotecnologia em Portugal

Economia

2019-05-17 às 15h11

Redacção Redacção

Ao longo de todo o mês de maio, o CeNTI mostra a empresas, empresários, investigadores e profissionais de todo o mundo produtos inovadores e tecnologicamente avançados desenvolvidos com empresas nacionais

O foco é a nanotecnologia desenvolvida no Norte de Portugal e o objetivo é apresentar produtos inovadores realizados numa grande proximidade com empresas portuguesas no setor dos têxteis técnicos com aplicação em diferentes áreas como a construção, hospitalar/cuidados médicos, desporto, moda e têxtil-lar, e com enfoque no setor automóvel e especificamente os materiais para o interior automóvel do futuro. É por isso que o CeNTI – Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes marca presença em dois dos maiores eventos setoriais que acontecem durante o mês de maio na Alemanha, em Frankfurt e Estugarda.
Uma linha de roupa ecológica feita a partir de resíduos, felpos inovadores que potenciam a absorção de água e secagem e têm aquecimento inteligente, resguardos de colchão que previnem úlceras de pressão, vestuário técnico com sistemas de sensorização, além de soluções inovadoras de iluminação e sensorização para o interior do automóvel são alguns dos produtos com que os visitantes da Techtextil, que acontece em Frankfurt, e da Automotive Interiors Expo, em Estugarda, podem interagir no espaço do CeNTI. Mais do que demonstrar produtos inovadores, o Centro parte também com a ambição de partilha de experiências e aquisição de conhecimentos importantes para a Investigação e Desenvolvimento Técnico de novas soluções.
João Gomes, Diretor de Operações do CeNTI afirma que “estamos muito satisfeitos por podermos estar presentes nestes espaços que têm bastante visibilidade e respetivamente notoriedade para o nosso Centro, mas também para Portugal. Neste momento, Portugal está num excelente caminho no que diz respeito à Investigação e Desenvolvimento, acompanhando as novas tendências e antevendo o futuro e fruto disso é o prémio Techtextil que ganhamos na categoria de Solução Sustentável com o projeto PiCASSO promovido pela empresa nacional TINTEX Textiles em colaboração com CeNTI, CITEVE e outros promotores empresariais como a Ervital e Bioinvitro”.
Têxteis J. F. Almeida, CITEVE, Têxteis Penedo, IPCA, Continental – Indústria Têxtil do Ave, TMG Automotive, Borgstena Group Portugal, Scorecode – Têxteis, Viatel – Tecnologias de Comunicações, ComfortKeepers e Simoldes Plásticos são algumas das empresas que estarão representadas com projetos realizados em parceria e co-promoção com o CeNTI e que até 23 de maio estão na Alemanha a representar o que de melhor se faz em Portugal.
O CeNTI - Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes
Intimamente ligado ao tecido empresarial e à indústria, o CeNTI foi fundado em 2006, contando atualmente com mais de 90 colaboradores e está vocacionado para o desenvolvimento de novos produtos e soluções, tendo por base a nanotecnologia, além de materiais funcionais e inteligentes.
Resulta de uma parceira entre três universidades – Aveiro, Minho e Porto – e três entidades tecnológicas, o CITEVE – Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal, o CTIC – Centro Tecnológico das Indústrias do Couro e o CEIIA – Centro para a Excelência e Inovação na Indústria Automóvel.
Neste percurso de 13 anos de atividade, o CeNTI já colaborou ativamente em mais de 170 projetos com a indústria, 20 projetos europeus, 111 projetos financiados a nível Nacional, 30 projetos diretos e 9 projetos em investigação fundamental, apoiados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).
Atualmente, encontram-se em desenvolvimento em 33 projetos no âmbito do PT2020, 12 projetos H2020 e 23 projetos diretos com clientes, nas mais diversas áreas de aplicação.
A visão de mercado e de transferência de tecnologia, valeram ao CeNTI cerca de 57 pedidos ativos de patente como requerente e/ou inventor, 7 patentes concedidas e diversas outras ainda em fase de exame.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.