Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Câmara de Braga propõe redução do IRS em 4,10 por cento em 2019
Câmara de Amares investe 24 mil euros em material escolar

Câmara de Braga propõe redução do IRS em 4,10 por cento em 2019

José Manuel Fernandes: “O líder do PSD não precisa de moções de confiança”

Desporto

2018-08-31 às 06h00

Redacção

Medida vai ser debatida na reunião do executivo municipal agendada para a próxima segunda-feira. Redução da taxa de IMI para quem reabilite edifícios degradados é outro dos assuntos em análise.

A Câmara Municipal de Braga vai propôr a redução do Imposto sobre Rendimentos Singulares (IRS), dos actuais 4,25 por cento para os 4,10 pontos percentuais em 2019A .
A diferença entre esta participação e a taxa máxima (5%) deve reverter a favor dos contribuintes bracarenses.
A prosta vai ser apresentada na reunião do executivo municipal , agendada para a próxima segunda-feira.
Em cima da mesa vai estar, também uma redução da taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para quem proceda à recuperação de edifícios degradados.

A minoração pode chegar aos 20 por cento, “incentivando assim a reabilitação urbana, a fixação de população e a atracção de novos residentes para as áreas de reabilitação urbana”, defende a autarquia bracarense em comunicado.
Aos proprietários de prédios urbanos degradados que não sejam alvo de recuperação, o município pretende aplicar um agravamento de IMI de 30%, como forma de estimular a reabilitação urbana.
O executivo propõe ainda uma redução da taxa do imposto a aplicar ao prédio ou parte de prédio urbano destinado a habitação própria e permanente, atendendo ao número de dependentes que compõem o respectivo agregado familiar, sendo que existirá uma dedução fixa de 40 euros para quem tem 2 dependentes a cargo e de 70 euros para quem tem 3 ou mais dependentes a cargo.
Os vereadores vão votar também a isençao de derrama para as empresas que apresentem um volume de negócios até 150 mil euros, e a aplicação de uma uma taxa de 1,5% às empresas que apresentem resultados superiores a 150 mil euros.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.