Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Cabeceiras: exposição alusiva à Guerra Colonial
Superar a deficiência através da dança

Cabeceiras: exposição alusiva à Guerra Colonial

Trota’s propõe ‘Posta de vitela grelhada’ para degustar nas ‘Sugestões do Chef’

Vale do Ave

2012-04-22 às 06h00

Redacção

A inauguração da exposição ‘Comemoração dos 50 anos do Início da Guerra Colonial’, assinalou ontem, o programa festivo do 25 de Abril, em Cabeceiras de Basto.

A inauguração da exposição ‘Comemoração dos 50 anos do Início da Guerra Colonial’, assinalou ontem, o programa festivo do 25 de Abril, em Cabeceiras de Basto.
Uma iniciativa na qual marcaram presença o presidente da Câmara Municipal, Engº Joaquim Barreto, os vereadores, Dr. Domingos Machado e Francisco Pereira, o presidente da Associação Portuguesa dos Veteranos de Guerra, Dr. Augusto Freitas, as administradoras da empresa municipal Emunibasto, Prof. Stela Monteiro e Drª Fátima Oliveira, demais autarcas, convidados e populares que se deslocaram à Casa da Cultura, associando-se assim, ao arranque das Comemorações do 25 de Abril.
Esta exposição, que estará patente ao público até ao próximo dia 16 de junho, integra um valioso espólio composto por filmes/documentários, bem como quadros fotográficos alusivos à guerra ultramarina. Além dos objectos de museu, como são aerogramas, rações de combate e outros materiais de cariz histórico, encontram-se alguns livros sobre esta matéria e uma listagem de todos os que perderam a vida ao serviço da Pátria. A mostra reporta-se assim ao período da Guerra que Portugal travou em África (Angola, Guiné e Moçambique) entre 1961 e 1974 e que contribuiu de forma decisiva para a eclosão da Revolução do 25 de Abril. Representa por isso um dos períodos mais marcantes da nossa história, referente à segunda metade do século XX.
No oportunidade, o edil cabeceirense, saudou os presentes que nesta tarde se associaram à abertura desta exposição que é sobretudo uma “homenagem a todos os Portugueses que partiram, às suas famílias e a todos os que regressaram” de uma Guerra que mobilizou milhares de jovens na década de sessente e cujo sentimento de frustação e revolta sentido, conduziu às revoltas que estão na génese da Revolução do 25 de Abril. Esta é por isso, uma exposição oportuna e pertinente que liga a Guerra Colonial ao 25 de Abril e revela um período da nossa história que não deve ser esquecido, pois perpassa gerações e marca a nossa memória coletiva. O autarca felictiou ainda a Associação Portuguesa dos Veteranos de Guerra, pelo apoio prestado aos ex-combatentes, mas também por guardar este espólio que recorda um período difícil, mas que faz parte da nossa história.
A abertura desta exposição ficou marcada por momentos de dança e música alusivas ao 25 de Abril, proporcionando ‘quadros’ de grande beleza e emoção.
O programa comemorativo do 25 de Abril, prossegue hoje, com a realização do XII Encontro de Cantigas da Liberdade, que nesta edição acolhe pela primeira vez a vertente de concurso. Ao todo subirão ao palco 27 grupos. O evento que acontece no Pavilhão Gimnodesportivo de Cavez, a partir das 14.30 horas, tem como principais objetivos proporcionar um espaço de convívio intergeracional aos diferentes grupos locais e celebrar a histórica da Revolução dos Cravos de 1974.
O programa tem o seu ponto alto no próximo dia 25 de abril com a Sessão Solene evocativa da efeméride e com a realização de várias provas desportivas que esperam atrair todas as faixas etárias da população.
Promovidas pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e pela Emunibasto, as Comemorações do 25 de Abril contam com a colaboração da Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto (ADIB), da Associação Humanitária dos Bombeiros Cabeceirenses e da Banda Cabeceirense.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.