Correio do Minho

Braga, terça-feira

Braga vai correr 24 horas pela causa da Estela Maria
Sucesso de atletas inspira alunos da Escola Superior de Ciências Empresariais do IPVC

Braga vai correr 24 horas pela causa da Estela Maria

Esposende evocou assinatura do Armistício

Braga

2018-08-31 às 08h06

Isabel Vilhena

Nos dias 7 e 8 de Setembro, Braga vai correr ‘24 Horas por uma causa’. Estela Maria, tem 8 anos, sofre de duas doenças raras e precisa da participação de todos nesta acção solidária.

O prazo das inscrições foi alar gado até domingo à noite. No dia 7 e 8 de Setembro, Braga vai correr ‘24 Horas por uma causa’ que se chama Estela Maria.
A iniciativa surgiu no dia 22 de Maio de 2016, um dia histórico para o Sporting de Braga que conquistou a Taça de Portugal, quando José António Silva, mais conhecido por Becas, decidiu juntar um grupo de amigos para assinalar este feito, organizando uma iniciativa carácter desportivo - 24 horas a Correr - e logo de seguida surgiu a ideia de associar a uma causa.

Estela Maria, tem 8 anos, e é a motivação para correr as ‘24 horas’ porque esta menina sofre de duas doenças raras: o Síndrome de Ret e o Síndrome Smith Magenis. Estela não fala, nem anda e precisa de terapias de reabilitação diárias para a sua evolução. “A Estela é totalmente dependente. Além de duas doenças raras, ela também tem epilepsia. Precisa de várias terapias e para conseguir suportar o custo precisamos de eventos como este”, explicou Ana Pereira, mãe da Estela na conferência de imprensa de apresentação da iniciativa ‘24 Horas a correr por uma causa’.

José António Silva esclarece que todo o processo é transparente e “a prova é que todo o dinheiro angariado será transferido directamente para as clínicas onde a Estela faz regularmente terapia.
O casal de atletas Dulce Félix e Ricardo Ribas e Alan também marcaram presença na conferência e vão dar o seu contributo na corrida, deixando um forte à participação na corrida pela Estela.
Sameiro Araújo, vereadora do Desporto da Câmara Municipal de Braga, salientou que o desporto é o maior gerador de causas. “o desporto é um veículo de transmissão de valores, de causas e integração social”, sublinhando que em “Braga, nos últimos cinco anos, conseguimos angariar mais de 60 mil euros”. A vereadora assinalou com satisfação este despertar da cidade para causas sociais. “Os bracarenses são solidários e tem queser a sociedade civil a ajudar causas como a da Estela”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.