Correio do Minho

Braga,

- +
Braga já tem partilha de trotinetes
SC Braga das Areias entra com o pé direito na defesa do título

Braga já tem partilha de trotinetes

Há cada vez mais acções de prevenção e isso está a “inverter o paradigma”

Braga já tem partilha de  trotinetes

Braga

2019-08-20 às 09h00

Redacção Redacção

Cerca de 25 lugares para trotinetes e bicicletas já são visíveis, sendo que o total será de 90.

Já está em funcionamento o sistema de aluguer de trotinetes eléctricas partilhadas em Braga. Para esse efeito o município procedeu à conversão de lugares de estacionamento automóvel por toda a cidade em lugares de estacionamento para trotinetes e também bicicletas. Cerca de 25 destes lugares já são visíveis em toda a cidade, sendo que o total será de 90.

O serviço de partilha, cuja gestão é da responsabilidade da empresa CIRC, permite aceder com facilidade a uma trotinete eléctrica. Basta para isso fazer o download da aplicação ´Circ - Trotinetes Elétricas´ no Google Play ou na App Store, criar uma conta e ter um cartão de crédito associado. Através da app pode desbloquear a trotinete eléctrica que pretende utilizar e efectuar todos os pagamentos necessários. As trotinetes estão equipadas com sistema de geolocalização.

Segundo João Rodrigues, vereador da Câmara de Braga, a entrada em operação deste serviço “é mais um passo que posiciona Braga como uma idade inovadora no que diz respeito à aposta numa mobilidade sustentável e integrada”
“Trata-se de um sistema que está em linha com os objectivos estratégicos que o município tem vindo a projectar nas diversas intervenções no espaço público e que preconizam a promoção de uma cidade mais humanizada, sustentável e inclusiva, mas também mais inteligente e inovadora”, afirmou, enfatizando que as trotinetes eléctricas dão uma “resposta segura, prática, ambientalmente responsável e confortável às necessidades de deslocação dentro da cidade”.

Nesta primeira fase serão disponibilizadas entre 70 a 80 trotinetes, distribuídas por 25 espaços em locais estratégicos da cidade. O número de veículos será adaptado à procura, prevendo-se um aumento de veículos a curto prazo.
A segurança de utilizadores e peões obriga à definição de ‘zonas vermelhas’.

No que diz respeito à utilização das trotinetes eléctricas, há regras de circulação que devem ser respeitadas pelos cidadãos. As trotinetes são velocípedes equiparados às bicicletas, motivo pelo qual podem circular tanto nas vias rodoviárias como nas ciclovias, sendo estritamente proibido circular no passeio.

Foram também definidas ‘Zonas Vermelhas’ na cidade (identificadas nas app da operadora), havendo uma redução da velocidade máxima da trotinete nas proximidades desses locais e o bloqueio das rodas no interior das áreas assinaladas como de “circulação proibida”. Estas zonas foram definidas no sentido de salvaguardar a segurança dos utilizadores vulneráveis, estejam eles a utilizar a trotinete, sejam eles peões.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.