Correio do Minho

Braga, sábado

Barcelos cria serviço experimental de transportes públicos urbanos
Figuras de renome para ‘ouvir e falar’ nos primeiros três meses de 2019

Barcelos cria serviço experimental de transportes públicos urbanos

‘As Lojas com História’ inspiram participantes no concurso de fotografia

Cávado

2018-09-08 às 14h31

Redacção

Câmara aposta na criação de duas linhas (amarela e vermelha), servindo os principais aglomerados populacionais e estabelecendo ligação com os principais equipamentos da cidade.

A Câmara Municipal de Barcelos anunciou que vai avançar com a implementação de um serviço experimental de transportes urbanos. A medida já foi aprovada em reunião de câmara.
Em comunicado, a autarquia liderada por Miguel Costa Gomes explica que “enquanto Autoridade de Transportes, no âmbito do disposto na Lei n.º 75/2013, de 12 de Setembro”, lhe compete assegurar a gestão e organização da exploração dos serviços de transporte público rodoviário de passageiros.
O serviço experimental de transportes urbanos de Barcelos contemplará dois itinerários – linha vermelha e linha amarela – “adequados às reais necessidades da população, servindo os principais aglomerados populacionais e estabelecendo ligação com os principais equipamentos da cidade”.

Estas duas linhas configuram um primeiro passo para o desenvolvimento de um sistema de transportes integrado, que, para além de servir as deslocações pendulares, irá fomentar a mobilidade para o centro da cidade. As pessoas que até agora não tinham alternativa disponível para as suas deslocações por motivos de lazer e compras, poderão usufruir deste serviço aos dias úteis e sábados.
A área de influência abrange a União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa, Vila Frescainha (S. Martinho e S. Pedro) e as freguesias de Arcozelo, Barcelinhos e Rio Covo Santa Eugénia.
A linha amarela, com cerca de 10km, ligará Vila Frescainha de S. Pedro a Arcozelo, passando pelo acesso pedonal do IPCA e pela Estação da CP. 

A linha vermelha, com cerca de 13 Km, liga o Estádio Cidade de Barcelos à freguesia de Rio Covo Santa Eugénia e à EB 2,3 Rosa Ramalho, em Barcelinhos, passando, ainda, pelas principais escolas.
É garantida uma oferta cadenciada ao longo do dia, de segunda a sexta-feira, com início às 6.40 e término às 19.30 horas, bem como ao sábado de manhã, das 6.40 às 13.30 horas. A linha amarela terá uma frequência de passagem em cada paragem de 40 minutos e a linha vermelha de uma hora.
Os bilhetes simples custarão um euro e o passe mensal 20 euros, sendo que haverá desconto de 50% nos passes para pessoas com mobilidade reduzida, estudantes, reformados, pessoas com idade igual ou superior a 65 anos e menores de 13 anos. As crianças até aos quatro anos não pagam.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.