Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Antiga estação da CP abre portas a oito instituições
Município de Celorico de Basto planta camélias pela vila

Antiga estação da CP abre portas a oito instituições

Europeu de Futsal Universitário traz a Braga 40 equipas

Braga

2013-07-06 às 06h00

Paula Maia

Obras de requalificação foram inauguradas ontem com a presença dos representantes das entidades que vão ocupar o novo espaço. O edifício, que sofreu profundas obras de remodelação, aparece agora completamente renovado, abrindo portas a oito instituições culturais do concelho.

A Câmara Municipal de Braga inaugurou ontem as obras de requalificação do emblemático edifício da antiga estação da CP.
O edifício, que sofreu profundas obras de remodelação, aparece agora completamente renovado, abrindo portas a oito instituições culturais do concelho.

Na cerimónia de inauguração, autarquia e instituições assinaram os respectivos acordos de colaboração, tendo os responsáveis recebido a chave do espaço que vão agora ocupar.
A Associação de Intervenção Cultural de Ideias Acesas, a Companhia de Teatro ‘Só Cenas’, a ‘Encontros da Imagem’ - Associação Cultural, o Grupo de Rusga ‘Caminhos da Romaria’, João Martinho dos Santos Moura, o Orfeão de Braga, a Companhia de Teatro de Braga e o Turismo do Porto e Norte de Portugal, E.R. são, a partir de agora, os novos ‘inquilinos’ da antiga estação de Braga, possuindo capacidades renovadas para trabalhar em prol da cultura do concelho e não só.

A Turismo do Porto e Norte de Portugal é a entidade a quem é concedido mais espaço, num total de que ultrapassa os 228 metros quadrados.
Ainda neste âmbito, destaque para o Orfeão de Braga que vai ocupar uma área correspondente a 156 metros quadrados.
Também a Encontros da Imagem é contemplada com duas salas correspondente a 156 metros quadrados.

O presidente da câmara referiu, no acto inaugural, que esta obra só foi possível graças “à boa vontade da Refer em ceder-nos este antigo edifício”, referindo que o montante do restauro cifrou-se em 300 mil euros, valor atenuado pela comparticipação de dinheiros comunitários.
O autarca lembrou que ficam ainda por ocupar três salas, que ficarão certamente preenchidas a curto prazo.

Referindo-se concretamente à Turismo do Porto e Norte de Portugal, um dos inquilinos do novo espaço, Mesquita Machado considera que esta entidade fica agora estrategicamente localizada num local “de excelência porque esta é uma porta de entrada de muitos turistas”.
Presente na cerimónia, o responsável da Turismo do Porto e Norte de Portugal mostrou-se visivelmente satisfeito com a atribuição do novo espaço, referindo que “Braga deverá ser um grande pólo de desenvolvimento turístico da região”.

“Manteremos aqui aquele que é já hoje um grande produto estratégico. Quando há quatro anos chegámos não o era. Era apenas uma visão. Hoje estou aqui para dizer que vamos ter mais dimensão, mais condições para promover o destino e, obviamente, fico satisfeito quando os políticos da nossa região apostam no turismo”, diz o presidente da entidade Turismo do Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira.

O responsável acrescenta ainda que a obtenção de instalações condignas para a promoção do turismo da região é “um sonho” tornado realidade e uma promessa cumprida por parte da autarquia bracarense.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.