Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Amares: AEVH e IEFP articulam soluções
Guimarães: Alterações ao Programa Green Week 2018

Amares: AEVH e IEFP articulam soluções

Escolas Básicas de Vizela já têm Tablets

Economia

2018-05-16 às 00h40

Redacção

A AEVH Associação Empresarial do Vale do Homem e o IEFP Instituto do Emprego e Formação Profissional vão definir uma estratégia, em conjunto, que permita qualificar mão-de-obra para sectores específicos da agricultura e da indústria, indo ao encontro de uma necessidade dos empresários locais.

A AEVH Associação Empresarial do Vale do Homem e o IEFP Instituto do Emprego e Formação Profissional vão definir uma estratégia, em conjunto, que permita qualificar mão-de-obra para sectores específicos da agricultura e da indústria, indo ao encontro de uma necessidade dos empresários locais.

Esta é a principal conclusão de uma reunião realizada entre os dois organismos, esta segunda-feira, dia 14, no seguimento de uma carta enviada pela Associação Empresarial do Vale do Homem ao Ministro do Trabalho, da Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva.
Na reunião, marcou presença a coordenadora do núcleo de formação profissional da delegação regional do Norte do IEFP, Paula Gil Ramos, que contactou com os responsáveis da associação e cerca de uma dezena de empresários.

Nessa carta, a AEVH transmitia alguns dos ensejos dos empresários do Vale do Homem, nomeadamente a falta de mão-de-obra tecnicamente formada para a execução de algumas tarefas de capital importância para elevar a capacidade competitiva em algumas áreas, da indústria metalomecânica, carpinteiro de limpos, carpinteiro, estofador, entre outras, bem como para a realização de tarefas simples, como a apanha de frutos vermelhos e outras actividades agrícolas com forte predominância e crescente afirmação neste território.

De resto, a AEVH lembra que muitas áreas de actividade, grande parte para exportação, sentem grandes dificuldades em encontrar mão-de-obra qualificada na execução de determinadas tarefas, "situação que tem impedido o desenvolvimento, crescimento e afirmação económica do território". 

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.