Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Aluno de Barcelos ganha medalha de ouro na Olimpíada da Ciência da União Europeia
Projeto Interconcelhio de promoção do Envelhecimento Ativo promove exposição na Casa Museu Adelino Ângelo

Aluno de Barcelos ganha medalha de ouro na Olimpíada da Ciência da União Europeia

Campanha ‘Embrulhe, por favor!’ quer reduzir desperdício alimentar

As Nossas Escolas

2018-05-08 às 10h19

Redacção

Diogo Luís Nogueira, que frequenta a Escola BS Vale do Tamel, conquistou a medalha de ouro na Olimpíada da Ciência da União Europeia.

O barcelense Diogo Luís Nogueira, aluno do 11.º ano na Escola Básica e Secundária Vale do Tamel, conquistou a medalha de ouro na Olimpíada da Ciência da União Europeia (EUSO).
Na prova, que decorreu na Eslovénia, Portugal esteve representado com seis alunos, que constituíram duas equipas. Diogo Nogueira (EBS Vale do Tamel-Barcelos), Armando Teixeira (ES c/ 3.º ciclo de Ermesinde , Porto) e Marco António Ribeiro (Externato Delfim Ferreira Famalicão) constituíram a equipa portuguesa medalhada com o ouro.

Portugal participa nesta prova desde 2009 e esta foi a segunda vez que uma das equipas arrecadou a medalha de ouro. Em competição estiveram 52 equipas, num total de 25 países participantes.
Os seis elementos da equipa nacional foram seleccionados entre os melhores classificados das olimpíadas da química júnior, olimpíadas da física e olimpíadas da biologia sénior do 10.º ano do ano lectivo anterior.
Na fase de preparação a equipa nacional recebeu uma preparação científica e laboratorial adicional em sessões presenciais, de carácter predominantemente laboratorial, na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCTUNL) e no Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV).
A 17.ª edição da Olimpíada da Ciência da União Europeia (EUSO) vai realizar-se em Portugal, de 4 a 13 de Maio de 2019.

A Olimpíada da Ciência da União Europeia (EUSO) é uma competição destinada a estudantes na faixa etária dos 16 anos especialmente interessados no ensino das ciências, e, pretende estimular a escolha de carreiras científicas, desenvolver talentos, proporcionar troca de experiências e contactos entre estudantes que podem vir a participar nas Olimpíadas Internacionais da Ciência, bem como comparar o currículo e as perspectivas do ensino das ciências entre os Estados-membros da União Europeia.

Portugal participa nesta competição, que envolve mais de 25 países europeus, desde 2008. Em 2008, Portugal participou na qualidade de Observador, tendo participado de 2009 a 2016 na qualidade de participação plena, com uma delegação de duas equipas de alunos, de três alunos cada, de acordo com o regulamento desta competição. A organização da participação portuguesa da EUSO é assegurada conjuntamente pela Direcção Geral da Educação, pela Sociedade Portuguesa de Física, pela Sociedade Portuguesa de Química e pela Ordem dos Biólogos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.