Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Abel Ferreira: "Jogadores têm de sentir-se orgulhosos pelo que temos feito enquanto equipa"
Quatro bibliotecas de praia disponíveis a partir de amanhã

Abel Ferreira: "Jogadores têm de sentir-se orgulhosos pelo que temos feito enquanto equipa"

Férias das crianças de Crespos e Pousada marcados por dias na piscina

Desporto

2018-04-13 às 06h00

Joana Russo Belo

SC Braga e Paços de Ferreira abrem, esta noite, a 30.ª jornada da I Liga, no Estádio Capital do Móvel. Abel Ferreira espera um adversário a jogar para ganhar, mas garante a mesma ambição dos guerreiros: do primeiro ao último segundo de olho na vitória.

Foi uma semana marcada por críticas fortes do SC Braga às arbitragens - após o empate no terreno do Feirense, na última jornada, onde Esgaio viu anulado mais um golo, depois de também ter vivido uma situação idêntica na recepção ao Sporting, na ronda anterior -, mas Abel Ferreira não quis explorar muito o assunto, na antevisão ao jogo em Paços de Ferreira, esta noite, que abre a 30.ª jornada da I Liga, a partir das 20.30 horas. Técnico quer voltar aos triunfos e garante uma equipa a lutar pelos três pontos até ao último segundo.

O que está dito está dito e é muito claro. Estamos a falar de factos, não me vou pronunciar muito mais em relação a isso. Vamos continuar a fazer o nosso caminho e o nosso trabalho, que tem sido duro, difícil e nos obriga a dar, constantemente, o nosso melhor, sublinhou o treinador, garantindo ter sido uma semana de trabalho igual às outras, mesmo depois do golo do empate ter surgido já ao cair do pano, em Santa Maria da Feira.
Esta equipa sabe o que quer, sabe o que faz, foi o jogo em que mais oportunidades flagrantes criámos nesta competição, bolas no poste e jogadores isolados com guarda-redes. O que disse aos jogadores posso partilhar: não têm de olhar para trás, para a frente ou para o lado à procura de desculpas ou culpados, têm é de olhar para o lado e sentir-se orgulhosos pelo que temos feito enquanto equipa e grupo de trabalho. É continuar a fazer o que sempre fazemos. O próximo jogo começa do zero e juntos somos mais fortes, lutaremos do primeiro ao último segundo pelos três pontos, frisou Abel.

Quanto ao adversário, acredito que, tal como nós, vai querer vencer este jogo, pela necessidade de pontos por razões diferentes: sabemos que é uma equipa muito competitiva, muito bem orientada, organizada e sabe o que quer do jogo. Analisámos contra equipas grandes do nosso nível e pudemos constatar as dificuldades que vamos ter para desmontar a organização do adversário. Apesar do cenário de desafio, Abel garante a mesma forma de estar, jogando onde for para vencer, do primeiro até ao último segundo.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.