Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Abel Ferreira: “A melhor resposta que podemos dar é dentro de campo”
Esposende na vanguarda ao nível da qualidade da água distribuída pela rede de abastecimento público

Abel Ferreira: “A melhor resposta que podemos dar é dentro de campo”

Câmara recupera lagos da Praça do Município – Fórum Vizela

Desporto

2018-08-26 às 06h00

Joana Russo Belo

SC Braga recebe, esta noite, a partir das 20.30 horas, o Desportivo das Aves, em duelo da terceira jornada da I Liga. Abel Ferreira garante uma equipa a lutar pelo triunfo até ao último segundo. Técnico vai fazer mudanças e reajustes face aos dois últimos jogos.

É dentro de campo que os Guerreiros do Minho vão responder às críticas e a um arranque de temporada aquém do previsto. Feita a análise à eliminação precoce da Liga Europa e ao empate nos Açores, na última jornada - depois de uma vantagem de três golos - Abel promete um SC Braga a lutar até ao último segundo pela vitória, esta noite, a partir das 20.30 horas, diante do Desportivo das Aves, deixando a certeza de que vai fazer reajustes na equipa (ver caixa).
“Não foi a primeira vez que isso aconteceu e acontece com as melhores equipas do mundo. As análises que fazemos são, exactamente, iguais quando estás a ganhar ou quando não estás a ganhar. Há processos colectivos que temos de melhorar, quando há golos há sempre erros. Olhámos para as imagens e percebemos que houve coisas bem conseguidas na primeira parte. Sabíamos que teríamos de ser uma equipa altamente competitiva e focada. Fizemos a nossa análise todos juntos e as nossas respostas vão ser amanhã [hoje]”, começou por explicar. E prosseguiu. “Não sou treinador de justificações, assumo os meus erros, há aspectos colectivos que temos de melhorar, mas a melhor resposta que podemos dar é dentro de campo”.

O técnico revelou que tiveram “uma semana boa e limpa, para treinar comportamentos”, reforçando que “a força desta equipa está na ideia de jogo colectivo”.
Face às críticas feitas a alguns jogadores, foi peremptório, admitindo que “há processos que têm de assimilados e correcções” a fazer: “as críticas têm de ser feitas ao treinador, é o máximo responsável por tudo o que acontece numa equipa. Este processo já deu resultados, foi ele que nos trouxe até aqui. Mais do que encontrar responsáveis, valemos pelo colectivo, nas vitórias e quando não ganhamos”.
Abel Ferreira desvalorizou ainda a polémica que envolveu o lateral Diogo Figueiras e um adepto, após troca de mensagens no Instagram. “Quem nunca cometeu erros que atire a primeira pedra. Esse assunto está resolvido e bem. Espero que olhemos para todos os jogadores da mesma forma e que os incentivemos, mas como figuras públicas temos de ter uma responsabilidade ainda maior”.
Quanto ao Aves, “vale pelo jogo colectivo e tem jogadores rápidos, sobretudo nos corredores, e é uma equipa muito bem orientada e organizada”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.