Correio do Minho

Braga, quarta-feira

“A Universidade do Minho gosta de alunos pró-activos e criativos”
Centro de tempos livres da Associação Famílias contribui para a inserção social

“A Universidade do Minho gosta de alunos pró-activos e criativos”

Avanço do mar exige prevenção, recuo planeado das populações e protecção

Ensino

2018-09-18 às 06h00

Marta Amaral Caldeira

Rui Vieira de Castro, reitor da Universidade do Minho, deu, ontem, as boas-vindas aos novos alunos da academia, aconselhando-os a ser pró-activos e lembrou os seus direitos e deveres.

“Sintam-se bem-vindos à Universidade do Minho (UMinho)! Que este seja um dia marcante nas vossas vidas”. O reitor Rui Vieira de Castro deu, ontem, as boas-vindas aos cerca de 3500 novos alunos que a academia vai receber neste ano lectivo. “A Universidade está comprometida com o vosso sucesso nesta nova etapa das vossas vidas. Um sucesso que vos ajudará a construir, no futuro, percursos ricos e felizes, no plano profissional e pessoal”.
O reitor agradeceu aos novos alunos e às suas famílias de terem escolhido a UMinho para prosseguir estudos, depois de se ter feito ouvir em pé o hino da academia, interpretado pelo Coro Académico, numa recepção que contou também com a animação da Tuna Universitária do Minho e dos Bomboémia.

Aos novos alunos o reitor desejou os maiores sucessos, mas deu-lhes também a conhecer todos os serviços e unidades da academia, dando-lhes também todas as garantias de que o respeito pela pessoa humana é um valor ali preservado.
Colocando a tónica do seu discurso nos direitos e deveres dos estudantes, o reitor Rui Vieira de Castro apontou para a “visão humanista” como o pilar da sua casa e destacou, o “direito de ser tratado com respeito” e sublinhou o compromisso com os estudantes para uma “integração de todos os colegas na comunidade académica, recusando práticas de discriminação, intimidação, humilhação ou assédio ou qualquer tipo de actos de violência”.

Rui Vieira de Castro teceu também palavras de incentivo e boas-vindas aos 180 novos alunos internacionais que optaram pela UMinho para realizar os seus estudos superiores, integrando uma comunidade imensa, com origem em mais de 80 países, e que actualmente já representa 10% do corpo total estudantil que ascende a 19 mil estudantes.
O reitor incentivou os alunos a participar em projectos e na vida e gestão da própria universidade, no desporto universitário e deu-lhes o conselho de aproveitarem a possibilidade de fazer intercâmbio, apelando a que se esmerem na obtenção das Bolsas de Mérito”.

O presidente da Associação?Académica da UMinho, Nuno reis, também participou na cerimónia, onde sublinhou “a dimensão humana” como sendo aquela que, além do curso que fizerem, poderá fazer a diferença na sociedade. “Participem nas actividades desenvolvidas na UMinho. Sejam pioneiros na concretização de iniciativas que digam respeito aos estudantes, à academia e à sociedade”, disse., indicando a boa aposta que os novos alunos fizeram por ter ingressado no Ensino Superior e na UMinho, pois, “são escolhas acertadas para o caminho certo”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.