Casa de Pasto das Carvalheiras: ‘prazeres do mundo’ à mesa

Economia

autor

Redacção

contactar num. de artigos 34760

Em plena zona histórica da cidade, a Casa de Pasto das Carvalheiras é desde há dois anos o espçao ideal para se fazer uma refeição partilhada. Com uma esplanada verdadeiramente aprazível e uma ementa apetecível só pelo nome das iguarias gastronómicas, o restaurante é já uma referência. José Luís Machado, de 33 anos, é o chef de cozinha e sócio-gerente da Casa de Pasto das Carvalheiras, que abdicou da tradição da arquitectura da família para se dedicar inteiramente à arte da cozinha com este projecto inovador em Braga, que, para já, “está a ter uma óptima adesão por parte dos clientes”.

“Apostámos na recuperação da designação de ‘Casa de Pasto’ precisamente porque entendemos que está intimamente relacionada com a nossa oferta gastronómica, que, no fundo, junta o conceito mais tradicional ao mais moderno”, frisou o responsável.
“O nosso conceito é um pouco diferente, baseado muito na partilha da comida, na partilha de sensações e de momentos”, indicou José Luís Machado, explicando que “o nosso grande objectivo é que os nossos clientes possam degustar uma grande variedade de pratos, é por isso mesmo que na cozinha que apresentamos brincamos também muito com os sabores, as cores e as texturas dos alimentos que confeccionamos”.

A ementa da Casa de pasto das Carvalheiras muda todos os meses, apresentando aos clientes novas iguarias gastronómicas, mantendo sempre desta forma o ‘efeito surpresa’ e, claro, a curiosidade e o prazer de provar um novo prato. Na carta servida este mês constam especialidades de ‘fazer água na boca’ como ‘Humus de Beterraba com Tortilha’, ‘Castanhas Fritas com Manteiga e Flor de Sal’, ‘Barriga de Porco Lacada com Cuscus de Tomate’, ‘Açorda de Bacalhau’.
“No fundo, a nossa cozinha é uma mistura de vários sabores, de várias influências do mundo e temos para oferecer ao nosso cliente desde a alheira ao cuscus, desde a moqueca a um bom bife”, frisou, a propósito, José Luís Machado. O chef de cozinha destaca “o bom momento” que a cidade de Braga está a viver neste momento. “Existe de facto uma dinâmica fortíssima, a cidade está com muita vida e muito bom ambiente, o que tem sido também muito atractivo para os turistas que nos visitam”.

Na Casa de Pasto das Carvalheiras pode degustar todas as tardes até ao final do mês um ‘Queque de alheira com grelos e molho agridoce’ e um copo de vinho Giroflé Loureiro, por apenas 2,50 euros, no âmbito da iniciativa ‘Verde Cool’ da ACB, que visa promover os vinhos verdes e a região minhota.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia