Conselhos do INEM: como agir na presença de um veículo de emergência na via pública

Nacional

autor

Redacção

contactar num. de artigos 16736

Os profissionais da emergência médica pré-hospitalar, quando acionados para situações de emergência, adotam uma postura extremamente cautelosa na sua interação com o trânsito e assinalam a sua marcha com luzes indicadoras de emergência (rotativos, strobes, máximos intermitentes) e também sinais sonoros (sirenes), desde o momento em que iniciam o trajeto em direção a uma emergência médica. Este procedimento tem como objetivo alertar os restantes utentes da via pública para a presença dos meios de socorro no trânsito e facilitar a sua deslocação até ao local onde se encontram os doentes ou vítimas.

Assim, após identificar a aproximação ou presença de meios de emergência médica que circulem em marcha de emergência assinalada, os condutores devem procurar facilitar a sua passagem. Recomenda-se assim aos condutores e transeuntes o seguinte:

· agir com serenidade
· acompanhar o movimento do veículo de emergência, sem nunca esquecer os demais utilizadores da via pública, bem como eventuais situações de perigosidade
· evitar travar ou desviar a sua viatura de forma brusca
· avaliar sempre se existe um único veículo de emergência ou se outros seguem aquele que se aproxima
· facilitar a passagem dos veículos de emergência, criando espaço para que os mesmos possam circular

O posicionamento dos veículos de emergência permite aos condutores perceber qual é o seu objetivo no processo de transposição do trânsito. O profissional de emergência, quando efetua as manobras em condução de emergência, analisa previamente todos os fatores - tipo de via, número de faixas de rodagem, tipo de trânsito presente - para assegurar que a sua opção nunca colocará em causa a segurança dos restantes intervenientes da via pública.

No caso das viaturas do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) a identificação da sua aproximação é ainda mais facilitada graças à sua cor: o amarelo RAL 1016. A escolha desta cor teve por base estudos científicos que provam que o olho humano é particularmente sensível a esta tonalidade, o que permite que as viaturas de emergência sejam rapidamente identificadas pelos condutores e peões.

Assim, também no trânsito, a colaboração de todos é essencial para que a missão do INEM seja bem sucedida. Em suma, analise a envolvente que o rodeia. Deve agir em conformidade com as “indicações” que o profissional de condução lhe está a transmitir através do seu posicionamento. Aja com serenidade e em segurança para si e para os demais intervenientes da via pública.


*** Nota do INEM ***

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Farmácias de serviço

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia