'Sete Fontes': homem viu dois jovens atear fogo com isqueiro

Casos do Dia

autor

Luís Fernandes

contactar num. de artigos 782

Os dois jovens denunciados pelo guarda das sete Fontes agiram rápida e eficientemente, ateando fogo em pontos distintos área de mato e sobreiros onde se situa o monumento nacional.
Desapareceram com a rapidez que o acto criminoso recomendava.

O alerta aos Bombeiros Voluntários de Braga foi registado às 16,07 horas. Aos primeiros soldados da paz juntaram-se depois os que tinham sido rendidos em Pedralva.
O novo Hospital de Braga ergue-se ali, bem alto e altivo. Dificilmente as chamas lá chegariam. Há uma fábrica de pneus a cerca de 300 metros dali.

O helicóptero que interveio abastecia-se perto e, seguramente, evitou que as chamas alastrassem com maior rapidez.
Da casa abandonada, ao arder na fase de reacendimento, ouvi-se o destroçar-se barulhento e sucessivo das telhas queimadas.

A casa, rodeada de fetos, vizinha e árvores de fruto, tudo seco, tem servido de albergue para a juventude toxicodependente.
Na outra casa, bem mais afastada, a sul, vive um idoso na solidão da sua velhice.
Populares da zona estiveram de sobreaviso solidário.

O presidente da Junta de Freguesia de S. Victor correu para ali e insiste na necessidade de limpeza sistemática no local, até porque o monumento nacional Sete Fontes assim o exige.
“Todos os cuidados são poucos”, sublinha Firmino Marques, chamando a atenção para a urgente resolução dos problema das acessibilidades.

“Há um caminho que dá acesso à estrada principal das Sete Fontes. Um caminho municipal que ninguém o arranja” — informou Custódio Vieira, nascido há 60 anos nas sete Fontes. De raiva disparou:
“”Salazar faz tanta falta...”!
No rescaldo, Firmino foi ajudando a apagar os reacendimentos. Mas tudo sob controlo.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia