Cabeceiras de Basto inova na Educação com Salas de Aula do Futuro

Vale do Ave, As Nossas Escolas

autor

Redacção

contactar num. de artigos 34024

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, inaugurou hoje, dia 13 de setembro, primeiro dia de aulas, três salas voltadas para as novas tecnologias, onde os alunos poderão dar ‘largas’ à imaginação, fazendo jogos interativos e experiências ao mesmo tempo que adquirem novas competências e testam conhecimentos.

Esta manhã, ao chegarem à escola, os alunos da EB Profª Filomena Mesquita, da EB Pe. Dr. Joaquim Santos e da EB do Arco de Baúlhe depararam-se com uma Sala de Aula do Futuro equipada com meios tecnológicos e de multimédia que estão agora ao dispor de estudantes e professores, uma ferramenta que tem como principal objetivo o combate ao insucesso escolar.

Acompanharam o presidente da Câmara nesta visita às três salas de aula, os presidentes das Juntas de Refojos, Outeiro e Painzela e do Arco de Baúlhe e Vila Nune, respetivamente Leandro Campos e Dra. Carla Lousada, o secretário executivo da CIM do Ave, Eng. Gabriel Pontes, a diretora do Agrupamento de Escolas, Dra. Céu Caridade, os coordenadores dos estabelecimentos de ensino, e o presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação, Prof. Luís Santos.

As Salas de Aula do Futuro são uma das ações incluída no ‘Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar’, iniciativa supramunicipal promovida pela Comunidade Intermunicipal (CIM) do Ave, financiada em 85% pelo Programa Operacional Regional do Norte - Norte2020, projeto com um investimento global na ordem dos 100 mil euros em Cabeceiras de Basto.

As Salas de Aula do Futuro têm como objetivo a melhoria das aprendizagens, combatendo o abandono, ao mesmo tempo que promovem o sucesso escolar dos alunos, pretendendo constituir-se como laboratórios de aprendizagem e espaços de inovação para os seus utilizadores. Professores e alunos têm a partir de hoje novos desafios quer no ensino, quer na aprendizagem, estando os docentes a ser capacitados para lidar com estas novas formas de ensinar em salas coloridas, divididas por zonas/áreas de ensino.

Nestas Salas de Aula do Futuro estão disponíveis um painel e mesa interativos, tablets, câmara fotográfica/vídeo, gravador de som, mesas de mistura para edição de som e vídeo, impressora 3D, visualizador 3D, sensores de temperatura, som e luz, comandos de resposta interativa e ainda legos para criação de histórias, personagens e cenários.

Para o presidente da Câmara, Francisco Alves, trata-se de uma aposta ganha, quer em termos do interesse espoletado em alunos e professores, quer pelas ferramentas multimédia e conteúdos que são disponibilizados aos seus utilizadores.
“As Salas de Aula do Futuro promovem ambientes educativos inovadores e impulsionam a diversificação dos métodos de trabalho e de abordagem curricular com vista ao sucesso educativo”, disse o autarca referindo que através da plataforma que é disponibilizada, os alunos ficarão a conhecer melhor, e de uma forma lúdica, o seu concelho, a sua história e o seu património mas também os conteúdos das demais disciplinas curriculares.
“Sinto-me verdadeiramente satisfeito por inaugurar estas salas”, confessou Francisco Alves, apelando a todos os alunos que “estimem” estes equipamentos para que mais tarde possam, também, ser usados por outras crianças. No final, deixou o seu reconhecido agradecimento a todos os técnicos envolvidos na conceção deste projeto inovador que abre novas portas ao conhecimento.

Por seu turno, o secretário executivo da CIM do Ave, Eng. Gabriel Pontes, elogiou o empenho da Câmara Municipal nesta iniciativa, antevendo o “sucesso” destas salas, uma medida que considerou “emblemática e transversal” a diversas áreas de ensino.
Gabriel Pontes enalteceu o trabalho em equipa, reconhecendo que com este projeto a escola torna-se mais inclusiva e interessante.

Para a diretora do Agrupamento de Escolas, Dra. Céu Caridade, “o futuro começa hoje a ser preparado”, mostrando-se “muito satisfeita” com a implementação destas salas de aula. Na sua intervenção, reconheceu o empenho e visão da Câmara Municipal que “continua a apostar na Escola e na Educação”, contando com os contributos do Agrupamento de Escolas e o trabalho e empenho de professores, funcionários e encarregados de educação.

Durante a sessão inaugural destas novas salas, Bruno Santos, o designer gráfico responsável pelo logótipo e material gráfico referente a este projeto, explicou também aos presentes o sentido da geometria presente no logótipo ao qual foram associadas imagens de diversos instrumentos tecnológicos como iphone’s, ipad’s, wifi, entre outros, “elementos ligados ao céu e ao sonho como uma ideia de ligação e navegação em rede”.

As salas de aula recorrem à Plataforma +Cidadania destinada a crianças do 1.º Ciclo do Ensino Básico e que tem como missão prevenir e reduzir o abandono escolar precoce e promover a igualdade de acesso a uma educação de qualidade. A plataforma proporciona um ambiente de aprendizagem rico em tecnologia, facilitador da aprendizagem, do trabalho colaborativo e da partilha de ideias. Na oportunidade Ângela Magalhães explicou e fez uma demonstração das características e valências desta plataforma.

Recorde-se que há já vários anos atrás a Câmara Municipal instalou quadros interativos em todas as salas de aula de todas as escolas do 1º Ciclo do concelho, uma aposta na modernização educativa que agora se complementa com a entrada em funcionamento destas Salas de Aula do Futuro, verdadeiros laboratórios onde, brevemente, também a robótica será uma realidade.

*** Nota da C.M. de Cabeceiras de Basto ***

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia