Arraial de Verão recheado de animação e convívio

Economia

autor

Redacção

contactar num. de artigos 34024

A loja de Braga do Recheio Cash & Carry, que se integra no Grupo Jerónimo Martins, esteve ontem em festa no seu já tradicional arraial minhoto de Verão e se os clientes foram os do costume, o espaço foi outro com a alameda do Estádio Municipal a encher-se com os milhares que se associaram à iniciativa.
Foi a primeira vez que o arraial do ‘Recheio’ se realizou naquele espaço que deu oportunidade de acolher ainda mais gente.

Dos dez mil bilhetes entregues, a organização previa a participação de oito mil pessoas, entre clientes, retalhistas e as respectivas famílias.
A animação também foi a dobrar com quatro artistas a subir ao palco. Zé Amaro, a abrir, Diapasão, Toy e Roberto Leal animaram a tarde e noite de ontem.

O arraial minhoto é já uma marca da loja de Braga do ‘Recheio Cash & Carry’ que brinda os seus clientes com os mais variados petiscos, desde a sardinha à fêvera assada, mas também cachorros quentes, farturas e outras iguarias, tudo recheado com muito convívio e animação, cumprindo a máxima “bons negócios, bons amigos”.
Até os petiscos foram servidos pelos funcionários que, no dia-a-dia, lidam com os clientes e os tratam pelo nome.
Ontem, cumpriu-se o 26.º arraial minhoto.

A directora nacional de Operações do ‘Recheio Cash&Carry’, Ângela Soares, assumiu a aposta em manter “este tipo de eventos que marcam não só as operações de loja, mas também a relação com os clientes” e que já fazem parte do “cartaz festivo do Minho”.
Ângela Soares refere-se um “momento de convívio e de integração com a população e com a região”.
Os próprios clientes já perguntam pelo arraial.

Para a directora nacional de Operações, “é um investimento na relação com o cliente que é no que assenta a nossa marca”.
O director da loja de Braga do ‘Recheio Cash&Carry’, Jorge Almeida, assume: “tudo o que fazemos no dia-a-dia é pela satisfação do cliente, com o objectivo que ele entre e saia satisfeito”.
Os resultados obtidos pela loja em termos de volume de negócios e na relação de confiança com os clientes são conseguidos com “uma equipa madura e motivada” realça Jorge Almeida, que garante que os funcionários “estão sempre prontos a colaborar.”

Relação de confiança com o cliente é a marca do Recheio Cash&Carry

A loja de Braga do ‘Recheio Cash & Carry’ continua a liderar no volume de negócios e de facturação dentro desta insígnia do grupo Jerónimo Martins.
Começou em Braga como ‘Arminho’ que foi, adquirido pelo ‘Recheio’, em 1991, e continua a liderar dentro desta cadeia que completa, este ano, 45 anos no mercado e que constitui “um mundo à parte”, dentro de um grupo internacional, onde o cliente é tratado pelo nome, sem perder de vista a inovação e a modernização, afirma a directora nacional de Operações, Ângela Soares.

A relação de confiança com o cliente é a imagem de marca da loja de Braga, assume o director, Jorge Almeida.
Mário Mendes, proprietário de uma garrafeira em Nine, Vila Nova de Famalicão, mantém-se fiel a uma “relação antiga e de confiança” com mais de 30 anos.
Este cliente do ‘Recheio’ assume que gosta de tudo, desde a competência dos funcionários à diversidade dos produtos”.

Alberto Freitas, já era cliente do ‘Arminho’ e revela que o acolhimento é um dos factores por que continua a optar pelo ‘Recheio’ na hora de abastecer as prateleiras do seu supermercado, também em Nine.
Jose Alves, dono de um supermercado e café em Espinho, Braga, também já era cliente no tempo do Arminho, ainda na Rua de Santo André. Elogia os produtos da marca própria desta insígnia, que são mais acessíveis e de boa qualidade.

O ‘Recheio’ trabalha com marcas dos fornecedores e com marcas próprias - Amanhecer para os retalhistas e Masterchef e Gourmet para a indústria hoteleira. O director da loja de Braga explica que as marcas próprias foram concebidas para satisfazer os diferentes clientes, apostando em produtos de qualidade igual à das marcas líder, mas com um preço mais acessível, até porque é preciso estarem “sempre atentos ao mercado”.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia