Vieira do Minho: Dois ‘call centers’ vão criar até 500 empregos

Cávado

autor

Redacção

contactar num. de artigos 33997

Os dois 'call center' da Altice, em Vieira do Minho, deverão criar entre 400 e 500 postos de trabalho, afirmou ontem o cofundador da empresa, Armando Pereira.
“Penso que vamos conseguir 400 a 500 postos de trabalho, o que é enorme para uma vila como esta, é algo que nunca existiu na história do concelho”, afirmou Armando Pereira em Vieira do Minho, à margem da inauguração de uma exposição da Fundação Portugal Telecom.
O primeiro “call center” da Altice em Vieira do Minho abriu em Maio de 2015 e emprega actualmente 110 trabalhadores.
O segundo tem abertura prevista para 20 de Julho, devendo arrancar com cerca de 100 trabalhadores.
Este novo “call center” está a nascer no âmbito da recuperação e ampliação da antiga Escola Básica de Vieira do Minho, um projecto que inclui uma incubadora de empresas.
Trata-se de um investimento de 1,1 milhões de euros, suportado pela câmara, sendo que depois o grupo Altice pagará uma renda pela utilização do edifício.
Armando Pereira é um dos quatro sócios fundadores da Altice, detendo 30% da empresa. Natural de Guilhofrei, Vieira do Minho, sublinhou a sua satisfação por “poder fazer alguma coisa” pela terra onde nasceu e “dar trabalho” aos seus conterrâneos.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia