Ex-ministro Teixeira dos Santos pouco optimista no crescimento económico

Economia

autor

José Paulo Silva

contactar num. de artigos 2228

O ex-ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, recomendou anteontem cautelas na avaliação das últimas “boas notícias” para a economia portuguesa, nomeadamente o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,8 % no primeiro trimestre deste ano, já que, a médio/longo prazo, “dificilmente Portugal crescerá a mais de 1% ao ano”. O actual presidente executivo do Banco BIC foi o convidado da 2ª edição do Fórum Económico da Associação Comercial de Braga (ACB) para falar de ‘bancos e o financiamento da economia’.

“O crescimento económico só pode ser a nossa principal preocupação”, alertou Teixeira dos Santos, considerando que esse objectivo está limitado pela questão demográfica que reduz a população activa e pela diminuição do ‘stock’ de capital para investimento.
A solução para um maior crescimento económico passará então pelo aumento da competitividade, através do investimento tecnológico e de melhor gestão e organização das empresas.

Para o ex-governante também “não há investimento sem os bancos”, sendo que estes “têm vindo a ser parte do problema”, já que estão “sem agilidade para financiar mais a actividade económica”. “Vinte por cento do crédito mal parado estão a prender capital dos bancos”, constatou Teixeira dos Santos, sublinhando que o crédito concedido no início de 2017 a particulares e empresas foi menor que há um ano.

Numa “conjuntura difícil para para o negócio bancário”, o ex-governante defendeu “a clarificação do crédito mal parado”, que não deverá passar tanto pela sua venda apressada a fundos especializados, antes pelo aguardar da recuperação mais sustentada da economia portuguesa.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia