Médico de um Centro de Saúde de Barcelos exigiu cinco mil euros para influenciar contratação

O Ministério Público acusou um médico de um Centro de Saúde de Barcelos de um crime de tráfico de influência, por alegadamente ter recebido cinco mil euros para influenciar um concurso e assim arranjar emprego para uma enfermeira. Em nota ontem publicada no seu sítio de Internet, a Procuradoria-Geral Distrital do Porto refere que o Ministério Público (MP) considerou indiciado que “tudo não passou de um estratagema para extorquir dinheiro à vítima”.

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia