Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Vinho verde gastronomia e turismo

A fortuna perdida

Ideias

2018-04-13 às 06h00

Paulo Monteiro

O ano de 2018 tem sido excelente para o vinho verde. É ele que alavanca as exportações vitivinícolas. É este néctar que descobre novas terras e novos amantes e que tem seduzido - e de que maneira - os povos nórdicos. As notícias que chegam são sempre positivas e só têm que deixar satisfeitos os seus responsáveis. Nas últimas duas semanas ficamos a saber que a venda do vinho Alvarinho cresceu 32%, três anos depois do acordo que permitiu alargar a sua produção fora das fronteiras de Monção e Melgaço; que a Adega Cooperativa de Monção atingiu o ano passado a histórica facturação de 14,5 milhões de euros (aumentos de 8% no volume de vendas e 27% nas exportações); e ainda o espumante de Alvarinho que já representa cerca de 10% dos 25 milhões de euros gerados por ano por esta casta.

O trabalho que se tem feito tem sido notável e onde a Comissão de Viticultura da Região do Vinho Verde tem sido uma das grandes responsáveis pela promoção deste vinho que está definitivamente... na moda. Depois juntamos o vinho verde à gastronomia. Dá excelentes casamentos e, neste particular, a Associação Comercial de Braga, tem trabalhado bem nas acções que promove. Exemplos disso são as Sugestões do Chef, em que toda a gastronomia minhota é regada com vinho verde e o verde cool que chegará em Setembro e onde se faz a combinação perfeita entre um bom copo de vinho verde e um petisco. Acções e promoções não faltam. E depois... o turismo que já cativa muitos turistas que visitam as terras minhotas para se deliciarem com a gastronomia e com os nossos vinhos. São junções perfeitas e cativantes. Ah... e se quer saber mais tem hoje uma excelente oportunidade: dê um salto ao 1.º Fórum Visit Braga onde se vai falar disto tudo... um pouco. Vale a pena!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

20 Julho 2018

Calouste Gulbenkian

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.