Correio do Minho

Braga, terça-feira

Uma semana exemplar

Sem Confiança perde-se a credibilidade

Escreve quem sabe

2018-04-03 às 06h00

Margarida Pereira

A Semana Santa de Braga é o período mais típico e mais famoso que se vive na cidade. Invadida por turistas, Braga veste-se de roxo e negro para assistir aos dias culturais, que preenchem o seu quotidiano durante toda a semana, de um modo singular.
Apesar da escassa informação acerca das origens desta semana, sabemos que as tradições semelhantes aos dias de hoje ter-se-ão iniciado durante o século XVI, sofrendo algumas alterações e variações ao longo dos anos. Apesar de histórica e tradicional a Semana Santa foi-se adaptando aos tempos modernos, prova disso é, por exemplo, o seu vasto programa cultural que passa pelas mais diversas exposições, até concertos, sem nunca esquecer as procissões que são, sem qualquer dúvida, o seu ex-libris.
Com cerca de 95% de ocupação hoteleira, a Semana Santa já tem provas dadas como um ponto alto no turismo da cidade e por esse motivo merece ser tratada com honraria. Se para nós o bem receber é tão natural, durante este período devemos estar ainda melhor preparados para os turistas que chegam de todo o mundo para conhecerem as nossas tradições.

A estreia do projeto How can I help you (Como o posso ajudar) organizado pela Creative Zone em parceria com o Município de Braga, a Associação Comercial de Braga e o International House foi sem dúvida uma grande melhoria na organização da Semana Santa. Este programa ocorreu desde o dia 26 até ao dia 31 de março e o seu objetivo era ter sempre um grupo de jovens voluntários nas ruas de Braga para poder ajudar os turistas que chegam sem nada conhecer.
Estes jovens davam as informações necessárias para que quem chegasse pudesse aproveitar os dias seguintes da melhor forma.
Na nossa perspectiva, esta iniciativa não só melhora a imagem de Braga com um acolhimento exemplar, mas vai ainda mais além, pois cativa os jovens voluntários a saber mais sobre a história da cidade, aumentando os seus conhecimentos e também o espírito de iniciativa.
Devemos sempre pensar que cada acção acaba por ter um ciclo de consequências, e a verdade é que este projeto, apesar de ainda não se saberem os resultados finais, acaba por influenciar quer os jovens que participam, quer os turistas que dele usufruíram pois se a experiência é boa certamente a iremos querer repetir, ou pelo menos a iremos divulgar o que acaba por potenciar o turismo na cidade, não só ao nível hoteleiro, mas também envolvendo todo o comércio local.

Outra excelente aposta de melhoria da Semana Santa foi o facto de termos uma aplicação (app) associada a uma procissão. A App Minha Freguesia durante a tradicionalmente conhecida como Procissão da Burrinha dizia-nos não só onde ia a procissão, mas também nos contextualizava sobre os quadros que estávamos a ver naquele momento. Para nós é fundamental a contextualização das nossas tradições, e a distribuição de um caderno informativo no início da procissão é já uma boa iniciativa, mas quando associamos isso a uma App sabemos que estamos a chegar a um público ainda maior e que acima de tudo estamos a acompanhar os tempos modernos.
É fundamental que as tradições vão sendo adaptadas aos tempos modernos, sem nunca perder as suas origens é claro, mas hoje temos de tentar chegar a todo o público, a informação deve estar sempre acessível, tal como os locais. Por exemplo, na Freguesia de S. Victor a contextualização de alguns monumentos tem vindo a melhorar cada vez mais, além de estar nas várias línguas a que já nos habituamos, está também em braile e em língua gestual.
Sabemos que ainda muito se pode fazer para melhorar a nossa Semana Santa, mas também devemos reconhecer que este ano houve melhorias significativas que esperamos ver replicadas posteriormente. No entanto o mais importante exemplo que a Semana Santa nos dá é o espírito de união vivido por toda a cidade, que trabalha para fazer esta semana acontecer. Um espírito que deve ser vivido em todos os acontecimentos de Braga.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.