Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Em Democracia podemos falar...

O mito do roubo de trabalho

Voz às Freguesias

2017-01-11 às 06h00

Jorge Pires

Como cidadão livre penso que tenho o dever de mostrar as minhas sensibilidades e
aquilo em que eu realmente acredito. Nos cargos políticos que tenho desempenhado, sempre me pautei por defender as populações na construção de uma sociedade mais justa. Desta maneira, tem sido esse o meu lema como Presidente da Junta Freguesia de S. Vicente, trabalhando diariamente de forma dedicada e responsável na salvaguarda dos interesses das pessoas, que nos conduz à melhoria da qualidade de vida dos 13 690 residentes na Freguesia.

Contra a crise que nos assola, contra as dificuldades que encontramos no caminho e contra as expectativas de alguns, podemos proclamar bem alto que temos estado presentes e respondemos com um conjunto de acções, eventos e iniciativas que têm dado a S. Vicente a excelência que merece. Não nasci num berço de ouro, pertenço à classe do povo, trabalhador e honesto.

Considero-me Social-democrata liberal, admirador do grande político, Francisco Sá
Carneiro, que dizia ”Se nos demitirmos da intervenção activa não passaremos de
desportistas de bancada, ou melhor de políticos de café”.
A política precisa urgentemente de uma reforma, de uma grande reforma de pessoas.

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Freguesias

26 Julho 2017

O Sorriso

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.