Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +

1 de outubro de 1986 fez-se história no Concelho de Vila Verde

Amanhã vamos falar da Europa e da Eurorregião

1 de outubro de 1986 fez-se história no Concelho de Vila Verde

Voz às Escolas

2019-10-02 às 06h00

João Graça João Graça

Abria portas a Escola Secundária de Vila Verde. Era um novo ciclo na educação do nosso concelho. Terminado o 9.º ano, na Escola Preparatória de Vila Verde, os alunos podiam prosseguir os estudos sem necessidade de se deslocar para Braga.
Estou certo que em todos que assinalaram a sua presença nesse primeiro dia ficou uma marca, uma recordação, uma história.
Para professores e funcionários ficou a sensação de, pela primeira vez, pisarem um espaço construído com o objetivo de ensinar, já que alguns destes vivenciaram o ensino e aprendizagem, em Vila Verde, numa antiga cadeia ou num antigo hospital. Para os alunos, ficou o cheiro a novo, as salas enormes, o mobiliário novo, até a recordação de professores que lhes pareciam diferentes.
Aos longo dos anos, o primeiro edifício permaneceu incólume às diversas reformas educativas, aos decretos de lei, às portarias, às frequentes mudanças de ministros…

Deste edifício, cada um guarda as suas histórias, as suas experiências, os seus amigos para a vida... Cada canto e recanto guardam algo de cada um. Cada canto e recanto são, com toda a certeza, património intangível. Este edifício é, claramente, este cruzar de vidas e de vivências. Esta escola é a história de cada um e de todos.
Em 2011, a nossa escola ganhou ainda mais encanto. Foi uma das escolas intervencionadas. Cada espaço transformou-se num novo espaço. Novos e belos espaços surgiram. Uma nova escola carregada de história e de histórias, sem nunca perder a sua identidade.

Hoje, somos aquilo que construímos aos longo destes 33 anos. Somos o contributo de tudo e de todos aqueles que passaram pela ESVV.
Hoje, somos uma escola de referência. A excelência do nosso serviço educativo é reconhecida pelos alunos, pelos pais, pelas famílias, pelos parceiros, pelas empresas e pela tutela. Desenvolvemos um trabalho assente na experiência do nosso corpo docente, aliado à colaboração, inovação e inclusão.
O problema de cada um é nosso e, como tal, trabalhamos para a sua resolução coletivamente. Acreditamos, veementemente, que o nosso sucesso reside na tríade professores, alunos/famílias e assistentes e é na conjugação de esforços e sinergias destes agentes que construímos a nossa ESVV. Somos uma escola de relações de proximidade, de vínculos!

Esta é, como refere Branco (2017), uma escola como “instituição de fronteiras fluidas, cuja intencionalidade educativa e cívica é irradiante, convocando os esforços comunitários”.
Vamos continuar a superar-nos na formação destas e das gerações vindouras, apostando num ensino de qualidade, garantindo diariamente a excelência da escola pública, não descurando o desenvolvimento de cada um, como pessoa, como indivíduo, numa permanente valorização da educação informal, transmitida pelos pais, família e sociedade.
Vamos continuar a hastear a bandeira do amor pela educação, apostando no nosso lema “Uma Escola faz-se com TODOS!”

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

13 Novembro 2019

Dia do Diploma 2019

11 Novembro 2019

O dia de S. Martinho!

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.