Correio do Minho

Braga, segunda-feira

As Recordações

Falar bem, Escrever melhor

Literatura

06 Agosto 2016

Quando a avó do narrador foge do lar onde vive, ele sabe que não pode ficar de braços cruzados à espera de que as autoridades a encontrem. Afinal, se se arrependera de não ter passado mais tempo com o avô antes de ele morrer, não quer agora desistir de uma pessoa que ainda pode ter tanto para lhe dar… Numa narrativa que conjuga matizes de humor e poesia, David Foenkinos oferece-nos uma reflexão plena de sensibilidade sobre o tempo, a memória, a velhice, os conflitos de gerações, o amor conjugal, o desejo de criar e a beleza do acaso.

David Foenkinos nasceu em Paris em 1974. Estudou Letras na Sorbonne e possui formação em música jazz, tendo sido professor de guitarra. Escritor eclético, é autor de romances, guiões para cinema, peças de teatro e bandas desenhadas. Entre os seus romances, traduzidos em cerca de quarenta línguas, encontram-se títulos como A Delicadeza, que a Presença já publicou nesta coleção e foi adaptado ao grande ecrã com Audrey Tautou no papel principal. O livro As Recordações tem também uma adaptação cinematográfica. David Foenkinos é hoje considerado um dos melhores escritores da sua geração.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.